Gastronomia

Dicas para o churrasco na comemoração do Dia dos Pais

Nada como um churrasco para reunir a família e os amigos e garantir, além de uma refeição muito saborosa, horas agradáveis em torno da brasa. Mas para se certificar que o churrasco fique perfeito, separamos algumas dicas rápidas que podem te ajudar.

Foto: Timolina/Freepik
  1. QUANTIDADE DE CARNE

Essa é uma grande dúvida de diversos churrasqueiros amadores – qual a quantidade de carne por pessoa para um churrasco?

Se houver outros acompanhamentos, em geral são indicados de 300 a 400 gramas de carne por pessoa. Se for servido apenas carnes, considere de 500 a 600 gramas por pessoa.

Tendo em vista o número de participantes do churrasco, basta dividir o volume total de carne calculado entre os tipos de peça que pretende comprar.

Foto: Divulgação
  1. A BRASA

Acender a churrasqueira corretamente já garante grande parte do sucesso do seu churrasco. Isso porque o ponto da brasa é essencial para grelhar as carnes com perfeição.

Em geral, o carvão para chegar ao ponto correto leva cerca de uma hora – quando ele ganha uma coloração branca ou cinza clara é sinal de que está pronto.

Portanto, na hora de planejar seu churrasco, leve em conta o tempo para o preparo da brasa e mais o tempo que cada carne leva para chegar no ponto correto para determinar o momento de servir.

Foto: Chandlervid85/Freepik
  1. PONTO DA CARNE

Aqui o que vale é a preferência de cada um. Em geral, a carne ao ponto é que tem mais chance de agradar o maior número de pessoas. Portanto, se você vai preparar um churrasco sem conhecer o gosto pessoal de todos os convidados, a dica é optar pela carne ao ponto.

Para preparar carnes ao ponto (como o centro rosado), use a tabela de tempos abaixo como guia. O número de minutos é para um lado da carne. Passado o tempo, vire a carne e deixe por um minuto a menos do outro lado.

Foto: Divulgação

3 minutos

Carnes mais finas (como assado de tira fino e fraldinha).

4 minutos

Bifes largos de carnes mais magras (como bombom da alcatra e baby beef).

5 minutos

Bifes largos de carnes com mais gordura (como bifes de picanha, chorizo, ancho, bife de tira).

Entre 5 e 6 minutos

Bifes largos de carnes com osso (como prime rib, t-bone, chuleta, prime steak).

Entre 15 e 20 minutos

Peças inteiras de carne (como picanha, maminha, baby beef, contrafilé).

  1. ACOMPANHAMENTOS

A estrela do churrasco pode ser a carne, mas nada impede que você capriche também nos acompanhamentos. Prefira aqueles que não vão “brigar” com o sabor das carnes, mas sim acompanhá-los perfeitamente, como o carboidrato por exemplo. Arroz, farofa e pão são opções certeiras, assim como a batata.

As saladas também são perfeitas para garantir um toque de leveza à refeição, principalmente para cortes de carne mais gordurosos. Uma caprichada salada verde sempre fará sucesso no seu churrasco.

Outra dica é disponibilizar alguns tipos de molhos que acompanham bem carnes em geral, como o chimichurri, o vinagrete e o barbecue, que é uma ótima opção para cortes suínos.

  1. ACESSÓRIOS

São eles que tornam a vida do churrasqueiro mais fácil e prática e garantem a possibilidade de diversificar preparos e acertar os pontos corretos. Listamos abaixo os principais itens que não podem faltar na sua churrasqueira.

Grelhas e bandejas perfuradas

E não esqueça, a churrasqueira também faz toda diferença! Portáteis, elétricas, a bafo… são diversas as opções de modelos disponíveis, basta escolher aquela mais apropriada ao seu espaço e seu estilo preferido de churrasco.

Da Redação – Foto: Timolina/Freepik